Também gosto de ver você pelado

Se você descuida de algo que é visível, não quero nem imaginar o desleixo com o que não mostra por aí

IMG_0334

Já deixei um cara pelado na cama porque vi que ele não aparava os pelos. E a cueca estava meio encardida, disse uma leitora. Sim, os pelos do seu parque de diversão, caso não tenha ficado claro. Se você se assustou com a atitude meio radical, prepare-se. Um bom papo e senso de humor ainda são as maiores armas de sedução, mas me desculpem os desleixados, ser limpinho e gostosinho é cada vez mais fundamental na opinião das mulheres.

Não é à toa que os bonitões que praticam mahamudra andam fazendo tanto sucesso. Corpos esculpidos milimetricamente, deixando músculos valorizados. As mulheres babam. A gente olha sem pudor ou constrangimento. E se estamos despudoradas em público, imagine como está nosso senso crítico entre quatros paredes.

Desculpe, amigo, mas barriga de chopp não tem charme nenhum, isso se chama desleixo. Não estou sugerindo que o mundo é dos homens de barriga tanquinho, peitinhos inflados ou bundinhas arrebitadas – ainda que tudo isso seja bonito de ver. Como diz uma amiga, ainda prefiro um gordinho inteligente a um sarado desmiolado. Mas se você gosta quando vê uma garota bonita e bem cuidada sem roupa, nós também sorrimos felizes se percebemos que tem um mínimo empenho seu em agradar a torcida.

Dito isso, o homem que casa e acha que tem direito de embarangar pode estar colocando a corda no pescoço. Uma amiga confidenciou recentemente: perdi o tesão pelo meu marido. Cada vez que vejo como ele está fora de forma tenho vontade de ter dor de cabeça. Eu me cuido, continuo bonita e ele parece ignorar. É broxante.

Mas a patrulha feminina não está de olho apenas em barrigas disformes. A gente repara em tudo, não perde nenhum detalhe. A sua marca de nascença perto do umbigo, uma verruga na bunda. A boca. Os pés. As mãos. As unhas. A quantidade de pelos, como já foi mencionada. O que isso tem a ver com sexo? Tudo. Se você descuida de algo que é visível, não quero nem imaginar o desleixo com o que não mostra por aí.

Ninguém espera que você vá à manicure, mas nem se você for o cara mais sarado do quarteirão, a gente vai deixar de notar uma unha comprida e suja. Ou com micose. Mãos bem cuidadas, unhas aparadas também não passam desapercebidas. Sabemos as mil maravilhas de que os dedos são capazes, e também onde eles podem literalmente se meter. Esperamos que estejam limpos e saudáveis. É o mínimo.

Chegamos, então, aos pelos. Hoje, as mulheres não parecem muito fãs de homem in natura. Veja, você não precisa sair correndo à procura de uma clínica de depilação (já tem algumas especializadas em homens). Sim, algumas gostam do estilo Brazilian Wax. Peladinho, raspadinho, sem um fio pra contar a história.

Respire aliviado porque na enquete que fiz, muitas se contentam com uma aparada de leve na região pubiana. Estou com elas. E já me vi, naquela situação de quem não quer nada, sugerindo que o moço usasse minha maquininha. Como tem gosto pra tudo, ainda tem muita mulher (ufa!) do time ‘quanto mais pelo melhor’. Mas não é dessas que estamos falando.

Acha que é só? Muitas garotas dizem que a regra do pouco pelo vale também para o peito. Outras checam até a axila. Sou uma delas, me julguem. E ficaria feliz se meu marido me deixasse passar a tesoura embaixo do braço. Ele se nega e seguimos felizes

Algumas dessas preferências são puramente estéticas. Da mesma forma que você prefere com peito pequeno ou grande. Com mais bunda ou menos. Brazilian wax ou Mata Atlântica. Já estava na hora das mulheres assumirem que se sentem, sim, atraídas por um homem gostoso. Eu particularmente acho o corpo masculino uma das coisas mais lindas que já habitaram a Terra. Gosto de ver meu marido desfilando sem roupa. E gosto de ver que ele se cuida.

Se lhe servir de inspiração ou incentivo, o pênis parece maior quando os pelos são aparados. Vamos combinar que todo mundo ganha nessa história?! Então, chegamos onde interessa: o seu pinto.

Mulheres reparam, sim. O tamanho, se é torto, fino, grosso, circuncidado. Mas para nós o mais importante quando você tira a roupa é que ele esteja duro. Bem duro. É a sua resposta imediata para a pergunta que a gente tem na cabeça: o quanto esse cara me quer. E se ele estiver meia bomba, a gente vai achar que você quer mais ou menos. Banho de água fria.

Se você sentir que seu amigão não está respondendo aos beijos e amassos, enrole antes de tirar a roupa. A imagem de um pinto em meia ou nenhuma ereção é das coisas menos excitantes que uma mulher pode ver. Ainda mais nos primeiros encontros.

Por último, mas não menos importante. Muitas garotas preferem transar com a luz apagada ou na penumbra. É bobagem, mas aquela escuridão alivia as paranoias com o corpo e diminui o constrangimento que pode rolar de vez em quando. Eu já apelei à meia luz algumas vezes. Nem todas por minha causa. Fiz isso em prol de um relacionamento com um casinho que estava meio descuidado. O namorico acabou por outra razão, que não a barriga de “chopp” dele. Mas eu não tenho saudade dela.

Sobre mariliz pereira jorge

Sou jornalista, moro no Rio, mas vivo com um pé – e metade do coração – em São Paulo, onde morei até maio de 2012. Adoro o cheiro do aeroporto, de andar em calçadas desconhecidas, de ouvir línguas que não entendo! De dançar até as pernas cansarem e de dar risada até a barriga doer… Não vivo sem Coltrane, cerveja gelada e sorvete no inverno. Adoro gente. Adoro tentar entender as loucuras da alma. Da minha e dos outros. E gosto de transformar isso em palavras, em frases e histórias. Hoje, sou colunista da Folha de S.Paulo, da revista GQ, roteirista de TV e dona do meu nariz. Todo conteúdo publicado no blog é de minha autoria. Fui editora da Folha de S.Paulo, da TV Globo, das revistas Women’s Health e Men’s Health, repórter de Veja, além de ter contribuído para veículos como O Estado de S.Paulo, revistas Nova, VIP, Viva Saúde entre outros. Dei minhas voltinhas no mundo da publicidade, produzindo conteúdo para Brastemp, Consul e Itaú.
Esse post foi publicado em Sem categoria e marcado , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s