Quer esquecer o ex?

LIVRO

1. Nunca, jamais, em hipótese alguma banque a louca, neurótica ou psicopata – você não precisa ganhar essa fama, além do pé na bunda.

2. Não ligue, não mande mensagens, não deixe recados no Facebook. Radicalize: delete os telefones e deixe de ser amiga dele nas comunidades virtuais. Vocês não são amigos.

3. Não envolva amigos em comum, família e colegas de trabalho no barraco. Não conte nada pra Shirley, a manicure. Quanto menos você falar, mais vão respeitá-la.

4. Vontade de xingar até a última geração do moço? Vá fazer terapia. Ligue para a Tim. Ou para a Net. Solte os cachorros lá.

5. Você ama o restaurante onde vocês iam três vezes por semana? Não é a toa que você tá vestindo 44… 46…

6. Nunca discuta com ele na frente dos outros sobre contas atrasadas e afins. Na boa, não discuta sobre nada na presença de ninguém.

7. Fique linda.

8. Fique magra.

9. Troque a rasteirinha pelo salto. E não desça dele.

10. Os seus, os meus, os nossos amigos. Fique só com os seus pelo menos por um tempo. Os dele vão entender e suspirar aliviados.

11. Ocupe seu tempo. Faça um curso de mandarim. Ou de gastronomia. Ou de saxofone. Ou os três.

12. Tem férias para tirar? Ótimo. Saia de circulação por um tempo. Vá pra China, pra lua, vá pra Pirapora do Oeste, mas desapareça.

14. Se encontrá-lo com outra, acene de longe e vá embora.

15. Se for inevitável cumprimentá-los, não destrate a fofa. E, se ela foi a causa da separação, erga o queixo, empine o peito, ignore e saia rebolando.

16. Não chore, não esperneie, não se descabele na frente dele. Respire fundo, coma as unhas – e os dedos -, saia correndo e entre no primeiro táxi.

17. Muita raiva? Transe com o melhor amigo dele. Ou com o irmão. Ou com o pai.

18. A sua ex-sogra era como uma mãe para você. Era. E ponto final. Volte para a sua.

19. Repita todos os dias de manhã, como um mantra: ele nem era tão bom assim, ele nem era tão bom assim, ele nem era tão bom assim. Você vai perceber que ele nem era tão bom assim.

Acompanhe a página do blog no Facebook http://www.facebook.com/mpjota

Sobre mariliz pereira jorge

Sou jornalista, moro no Rio, mas vivo com um pé – e metade do coração – em São Paulo, onde morei até maio de 2012. Adoro o cheiro do aeroporto, de andar em calçadas desconhecidas, de ouvir línguas que não entendo! De dançar até as pernas cansarem e de dar risada até a barriga doer… Não vivo sem Coltrane, cerveja gelada e sorvete no inverno. Adoro gente. Adoro tentar entender as loucuras da alma. Da minha e dos outros. E gosto de transformar isso em palavras, em frases e histórias. Hoje, sou colunista da Folha de S.Paulo, da revista GQ, roteirista de TV e dona do meu nariz. Todo conteúdo publicado no blog é de minha autoria. Fui editora da Folha de S.Paulo, da TV Globo, das revistas Women’s Health e Men’s Health, repórter de Veja, além de ter contribuído para veículos como O Estado de S.Paulo, revistas Nova, VIP, Viva Saúde entre outros. Dei minhas voltinhas no mundo da publicidade, produzindo conteúdo para Brastemp, Consul e Itaú.
Esse post foi publicado em Coisas do coração e marcado , , , , , . Guardar link permanente.

18 respostas para Quer esquecer o ex?

  1. Monica Melo disse:

    Ótimo!!! Um verdadeiro manual de descarte pra ex rsrs bjo Mari!

  2. Milena disse:

    Adoro tudo que vc escreve!!!! Tão Eu! 🙂

  3. Carol disse:

    Como eu amo seus textos..parece um ” eu”…fora de mim..rs Bjos

  4. cleusa maria goncalves gomes disse:

    Adoro tb ,tento entender as minhas e as outras loucuras da alma,muitas perguntas e quase nada respostas!!entao sempre tento ler tudo que envolve as interrogacoes .

  5. Harry disse:

    Òtimas dicas, mas só o tempo apaga. Apaga porque eu sei.

  6. Cris Fico disse:

    Amei…Belo manual da auto estima…. rsrs. Vc sempre mandando bem!!! Bjos

  7. Quel disse:

    Claro, porque pra ser feliz sem o ex você tem que virar uma vad*a, transar com o irmão dele e ainda ser magra. Porque, é óbvio, não dá pra ser feliz sem o ex sendo gorda 😀

    • mariliz pereira jorge disse:

      Das mais de 10 mil pessoas que leram o texto, claro que tinha que aparecer uma sem senso de humor. Beijo pro seu recalque.

      • Quel disse:

        Aprenda, minha flor, senso de humor é diferente de falta de noção. Ah, e nem todos sao obrigados a concordar com seu texto, independente se for de humor ou não, nessa vida há opiniões negativas e positivas e deve-se aprender a lidar com elas. E, por favor, recalque? Kkkk Beijao, florzinha.

  8. Tata disse:

    Que doença esse 17!! Pelo amor

    • mariliz pereira jorge disse:

      Vou colocar um aviso antes de todos os textos: proibido para pessoas sem senso de humor. Pelamor, digo eu!!

  9. luizas disse:

    Discordo, não vou virar uma puta só pq ganhei um pé na bunda…Vou me valorizar de outras formas, inclusive algumas q vc sugeriu…rsrs

  10. Patty Vital disse:

    Separei já faz muito tempo, mas lendo qui vi que fiz tudo ao contrário rsrsrsrs, bancava a loca cheguei até ir pra cima (mas isso infelizmente era normal no meu relacionamento). Mas tudo isso só acontecia porque meu ex me enchia de esperanças de volta, quando me separei fui morar sozinha em um apto com o nosso filho, e , lá estava ele todos os dias, finais de semana passavamos juntos era uma delicia pois parecia que iríamos reatar a todo momento, ele tinha ciúmes , se me encontrasse em algum barzinho ou em qualquer outro lugar, pronto, já rolava um mal estar. Mas depois de algum tempo , comecei a perceber que ele sempre ia embora no domingo a noite, comecei a achar estranho, até que um dia a empresa que ele trabalha até hj, o mandou ir para o Estados Unidos, então ele me ligou de lá dizendo o que eu queria , e perguntou para o nosso filho tbé, trouxe um dinossauro para o meu filho, e quando foi pra minha casa a noite perguntei do meu presente, aí ele me contou que estava conhecendo alguém.. Aí que dei uma de loca berrei gritei,e ele ja estava pronto para ficar mais aquela noite “dormindo” com o filho, expulsei aos berros do meu apto, e foi aí que virei o jogo…. Aprendi a ser exatamente indiferente … Demorou mas aprendi depois de descobrir que um tempo ficou coma as duas…

  11. Paulo Rigatto disse:

    Descobri teus textos hoje após uma postagem da minha filha no Facebook.
    Muito legais!! Gostei!!!
    Além do talento, és muito bonita também!!
    Parabéns!
    Paulo

  12. Júlia Costa disse:

    Fiz exatamente tudo isso e só tenho a dizer que deu mais do que certo!
    E hoje realmente tenho a certeza que ele não era tão bom assim. Acho até graça como eu me envolvi com ele.

  13. Luiiza disse:

    Concordo com o texto….Claro q tendo a coerência de não levar ao pé da letra…rs A verdade é uma só, temos q nos valorizar…

  14. Samantha disse:

    Mari,
    Sou viciada nos seus textos! Eles me inspiram! Imprimi esse manual e coloquei na testa para não desmoronar!

  15. safascina disse:

    Mas uns berros as vezes dá um aliiiiiiivio! Eu colocaria um dia so pra berras e xingar e depois, moving on.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s