20 desculpas para chegar atrasado ao trabalho

Vai demorar? Economize na mentira, não entre em detalhes e não faça disso um hábito. Algumas idéias para aumentar seu repertório

1. Matar os parentes
É clássica. O que você precisa é tomar cuidado e não matar a sua avó três vezes no mesmo emprego.

2. O cachorro ficou doente
Não exagere na gravidade. Se der de cara com alguém do trabalho passeando no fim de semana com o animal feliz e saltitante, vai ficar difícil se explicar.

3. Sua namorada te trocou por outra mulher. Ou… o nome da nova namorada do seu namorado é João.
E você está em depressão. É bom ter mesmo tomado um pé e cuidado para não ser flagrado feliz se enroscando com alguém no fim de semana seguinte.

4. Ficar preso no elevador
A vantagem é que você pode dizer que não avisou porque o celular não pegava. Mas ligue assim que estiver a caminho.

5. Infecção alimentar
Passou a noite no piriri-gangorra. Do banheiro para o quarto e do quarto para o banheiro. Já sabe que vai ter que tomar sopa com os colegas na hora do almoço, não é?

6. Trancar a chave dentro do carro
É coisa de mané e de quem tem carro velho, e só funciona para atrasos de uma hora. Diga que parou na farmácia ou na padaria e o celular também ficou lá dentro.

7. Deixou forno (ferro) ligado
Resta explicar o que exatamente você estava assando de manhã e por que raios ainda não contratou alguém para passar suas roupas.

8. Greve no metrô ou de táxi
Será uma meia-mentira. Você pode até usar como desculpa quando acontecer, mas não vá inventar algo que é sempre noticiado em tempo real.

9. Assinar documentos no cartório
Como só funcionam das 9h às 17h, de segunda a sexta, quem vai questionar? Mas diga apenas que está resolvendo questões urgentes de família.

10. O médico atrasou a consulta
Essa tem que ser uma mentira planejada. Avise no dia anterior, como quem não quer nada, que você tem hora marcada.

11. Acabou a luz
E o rádio-relógio zerou. Funciona, mas, em tempos em que todo mundo usa o celular como despertador, resta saber se seus colegas vão achar você meio vintage ou tonto mesmo.

12. Ficar trancado dentro de casa
Mande e-mail para o chefe na hora que planejava sair de casa para dizer que está esperando o chaveiro, o room mate, sua mulher ou marido, que levou a chave.

13. Congestionamento
O caos no trânsito é quase sempre tão grande nas grandes cidades, que ninguém vai conferir na TV.

14. Furou o pneu
Tenha cuidado de sujar um pouco as mãos. Pega mal, se for homem, afinal que tipo é você que nem troca um pneu sozinho? Ou diga que o socorro demorou a chegar e que você não faz ideia da diferença entre um macaco e uma chave de roda – e que também não faria diferença nenhuma se soubesse.

15. Tomou remédios para dormir
Diga que teve insônia, exagerou na dose e não conseguiu acordar. É ótima depois de uma noitada quando você estará mesmo com a cara amassada de sono.

16. Acidente de ônibus
E você teve que dar depoimento na delegacia. É preciso ter talento de ator para fazer essa colar.

17. Esperar o entregador da geladeira
Melhor se seu prédio não tiver porteiro. Mas você pode sempre dizer que não gosta de deixar a chave na portaria.

18. Esqueceu o celular em casa
Vale muito, principalmente se ele também for seu instrumento de trabalho. O chefe vai entender.

19. Começou o horário de verão
E você está com o fuso errado. Só funciona uma vez por ano, mas é infalível.

20. Reunião na escola dos filhos
Bem, só se tiver filhos mesmo. E se for daqueles pais notoriamente presentes.

 

Siga a página do blog no Facebook https://www.facebook.com/mpjota

Sobre mariliz pereira jorge

Sou jornalista, moro no Rio, mas vivo com um pé – e metade do coração – em São Paulo, onde morei até maio de 2012. Adoro o cheiro do aeroporto, de andar em calçadas desconhecidas, de ouvir línguas que não entendo! De dançar até as pernas cansarem e de dar risada até a barriga doer… Não vivo sem Coltrane, cerveja gelada e sorvete no inverno. Adoro gente. Adoro tentar entender as loucuras da alma. Da minha e dos outros. E gosto de transformar isso em palavras, em frases e histórias. Hoje, sou colunista da Folha de S.Paulo, da revista GQ, roteirista de TV e dona do meu nariz. Todo conteúdo publicado no blog é de minha autoria. Fui editora da Folha de S.Paulo, da TV Globo, das revistas Women’s Health e Men’s Health, repórter de Veja, além de ter contribuído para veículos como O Estado de S.Paulo, revistas Nova, VIP, Viva Saúde entre outros. Dei minhas voltinhas no mundo da publicidade, produzindo conteúdo para Brastemp, Consul e Itaú.
Esse post foi publicado em Coisas da vida e marcado , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s