Quando você descobre que o fundo do poço tem porão…

 

 

 

 

 

 

 

1. Fica menstruada no trabalho – e está de calça branca.

2. Vai tirar o lixo de casa e se tranca para fora – de calcinha, camiseta, toalha na cabeça e máscara facial de pepino.

3. Se embebeda no primeiro encontro com um cara – e ainda vomita em cima dele.

4. É traída – e o nome da nova namorada do seu ex é João.

5. Ganha um almoço em sua homenagem com buchada de bode – e fazem você repetir o prato porque a tonta diz que a-do-ra.

6. O cara demora três meses para levar você para a cama – e broxa.

7. Primeira vez na casa do namorado novinho em folha e você tem uma baita dor de barriga – e descobre que não tem papel higiênico… e que a privada está entupida.

8. Bate o carro no primeiro dia de um trabalho novo – na traseira do futuro chefe.

9. Você engordou e está se sentindo um provolone dentro da calça jeans – que rasga na costura traseira assim que você senta no bar com os amigos.

10. Já está arrasada porque está gorda – e, então, perguntam se você está grávida.

11. Derrama café no vestido amarelo – e queima a perna.

12. Perde o voo – e pega um busão pinga-pinga que leva 14 horas para chegar ao destino.

13. Tem que fazer hora extra – no dia do aniversário.

14. Toma um banho de chuva indo para uma entrevista de trabalho – e uma cagada de pombo na cabeça.

15. Leva um pé na bunda – e é demitida. Tudo no mesmo dia.

16. Vai ao cabeleireiro cortar as pontas e sai de lá joãozinho – e com uma cor de burro quando foge.

17. Perde o smartphone com fotos, músicas, mensagens – e recebe uma conta com ligações para a Lituânia.

18. Desiste do Réveillon em Noronha para ir para a chácara da família do novo namorado – que termina com você no dia 31 de dezembro.

19. O salto quebra. A meia desfia. O zíper emperra.

Mas e daí, não é? Dê de ombros para a desgraça, uma bela esnobada, faça piada de si mesma. E bola pra frente.

Sobre mariliz pereira jorge

Sou jornalista, moro no Rio, mas vivo com um pé – e metade do coração – em São Paulo, onde morei até maio de 2012. Adoro o cheiro do aeroporto, de andar em calçadas desconhecidas, de ouvir línguas que não entendo! De dançar até as pernas cansarem e de dar risada até a barriga doer… Não vivo sem Coltrane, cerveja gelada e sorvete no inverno. Adoro gente. Adoro tentar entender as loucuras da alma. Da minha e dos outros. E gosto de transformar isso em palavras, em frases e histórias. Hoje, sou colunista da Folha de S.Paulo, da revista GQ, roteirista de TV e dona do meu nariz. Todo conteúdo publicado no blog é de minha autoria. Fui editora da Folha de S.Paulo, da TV Globo, das revistas Women’s Health e Men’s Health, repórter de Veja, além de ter contribuído para veículos como O Estado de S.Paulo, revistas Nova, VIP, Viva Saúde entre outros. Dei minhas voltinhas no mundo da publicidade, produzindo conteúdo para Brastemp, Consul e Itaú.
Esse post foi publicado em Atitude, Women's Health e marcado , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s