Até que a morte os separe

 

 

 

 

 

 

 

Confesse: você preferiria morrer a viver sem…

1. MSN, Facebook e Twitter – a melhor forma de saber da vida dos outros, descobrir que seu peguete está pegando alguém e também de queimar o próprio filme.

2. Alface higienizada e empacotada, bifinhos cortados na bandeja, abacaxi descascado.

3. Shazam – o app que revela qual é a música que está tocando na balada e você a-do-ra.

4. Banco online (adeus, fila…), cartão de crédito (para o décimo pretinho básico) e cartão de débito (ir ao caixa não é um programão).

5. Comida japonesa – viva o salmão barato enquanto ele dure.

6. Lipbalm, leave-in, corretivo e secador.

7. Depilação a laser – uma salva de palmas, por favor, senhoritas!

8. Ração humana – as 2 colheres de sopa diárias que parecem a salvação da humanidade.

9. iPod, iPhone, iPad e qualquer outra coisa com “i” feita pela Apple e pelo Steve.

10. Google – nem que seja só pra googar o pretê e descobrir que ele não é ninguém.

11. Vinho bom – lembra quando você bebia Liebfraumilch (aquele da garrafa azul) e se achava fina?

12. Havaianas – elas não deformam, não soltam as tiras e não têm cheiro. E até Jennifer Aniston, que tem aquele currículo de relacionamentos, usa.

13. Brigadeiro de colher, macarons e cupcakes.

14. Garrafinha de água – dá pra fazer carão e bancar a saudável. Mesmo que esteja na maior ressaca.

15. Ômega 3, antioxidantes, aminoácidos e melatonina.

16. Chá verde ou branco ou vermelho. Não sabe por quê? Leia em Women’s Health.

17. Post-it – para deixar recado para a empregada, lembrar de beber água e terminar namoro. Pobre Carrie.

18. Ver a cara do George Clooney no desktop todos os dias.

19. Barrinha de cereais. A salvação da lavoura – quer dizer, da dieta.

20. Calça jeans – você assa no verão e congela no inverno, mas ela não sai de moda.

21. Atividade física – dançar e fazer sexo não entram na conta.

22. Protetor solar – ou você não lembra que as pessoas se bronzeavam com coca-cola e óleo de dendê?

23. Escova de dentes.

24. Cerveja – também precisamos de coisas simples na vida.

25. Internet. E estamos conversadas.

Publicado na revista Women’s Health em setembro de 2010

Sobre mariliz pereira jorge

Sou jornalista, moro no Rio, mas vivo com um pé – e metade do coração – em São Paulo, onde morei até maio de 2012. Adoro o cheiro do aeroporto, de andar em calçadas desconhecidas, de ouvir línguas que não entendo! De dançar até as pernas cansarem e de dar risada até a barriga doer… Não vivo sem Coltrane, cerveja gelada e sorvete no inverno. Adoro gente. Adoro tentar entender as loucuras da alma. Da minha e dos outros. E gosto de transformar isso em palavras, em frases e histórias. Hoje, sou colunista da Folha de S.Paulo, da revista GQ, roteirista de TV e dona do meu nariz. Todo conteúdo publicado no blog é de minha autoria. Fui editora da Folha de S.Paulo, da TV Globo, das revistas Women’s Health e Men’s Health, repórter de Veja, além de ter contribuído para veículos como O Estado de S.Paulo, revistas Nova, VIP, Viva Saúde entre outros. Dei minhas voltinhas no mundo da publicidade, produzindo conteúdo para Brastemp, Consul e Itaú.
Esse post foi publicado em Atitude, Women's Health e marcado , , , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s